Amor Só De Mãe

by Giallos

supported by
/
  • Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

     $7 USD  or more

     

1.
15:19
2.
15:19

about

TNR.085

Gravado e produzido no Escritório por Lê Almeida e João Casaes em janeiro de 2016
Masterizado por João Casaes
Artes por Flavio Lazzarin
Todas as músicas por Giallos exceto * (Rorschach/Interior/ Giallos) ** (Hot Snakes/Pezão/Giallos)

Guitarra Noise em Eu Era Um Lobisomem Adolescente por Lê Almeida

credits

released April 8, 2016

A

1. Açougue
2. Eles
3. Amor Só De Mãe
4. Eu Era Um Lobisomem Adolescente
5. Dança Macabra

B

6. Memento Mori
7. Baobá Blues
8. Movimento
9. Pombo Bomba
10. Síndrome de Estocolmo


Giallos é Flavio Lazzarin / Luiz Galvão / Claudio Cox

tags

license

about

Transfusão Noise Records Rio De Janeiro, Brazil

Brazilian DIY label. Since 2004

contact / help

Contact Transfusão Noise Records

Streaming and
Download help

Redeem code

Track Name: Lado A
1 - AÇOUGUE

Nós somos o terror
E a carne pendurada na vitrine
Somos nós
Mão de obra barata
Prontos para o consumo
Quem sabe nós tivemos uma boa morte
O procedimento nunca será revelado

Um tiro fatal
Um porrete na cabeça
Ou um suicídio
Quem sabe?

Visite a nossa cozinha
O que interessa é que seremos consumidos
Somos carne fresca

No garfo
Nos dentes
Depois de mastigados
Seremos a mesma coisa
O terror!

As receitas vão distinguir a nossa classe social
Seremos devorados num almoço
Numa marmita na obra
Ou num restaurante hype
A diferença está no preparo
No tempo exposto ao sol

Mas antes somos carne
Pendurada
A classe operária
O açougue é a vida
Ou a morte
Quem sabe?

2 - ELES

Eles passeiam de carro por cima dos corpos
Dos que construíram a porra da cidade
Eles salvaram o mundo e estão conectados
Não usam drogas e bebem água potável

Eles são foda, baby
Nós somos os vagabundos

Eles são educados e evoluídos
Como foram os seus antepassados
Eles têm uma cruz no rabo
Pra redimir todos os seus pecados


3 - AMOR SÓ DE MÃE

Curva-se para servir e agradecer
Pela sua existência
Antes dos deuses ela já amava
Era rude
Agora não mais
Fomos padronizados
Eu só tenho ódio
E ela chora
Abrace os seus antes que seja tarde
Nós somos o mundo
E toda a sua perversidade
Lembre-se da morte
Filho

A figura de um homem que nos pune por crimes que não cometemos
É forte no imaginário, um sofrimento diário
Mas mantêm a ordem, apela
E mesmo que fosse verdade, ainda assim poderíamos julgá-lo
Como um homem

O antes de tudo
O castigo
O começo
O que está em todas as coisas
A verdade inacessível
Na cabeça dos aflitos
Dos perdedores natos
Dos arrependidos
Dos mal amados
Dos comunistas
Dos santos falsos e verdadeiros
Dos alcoólatras
Dos que justificam a culpa
Só ela absolve
É o amor verdadeiro

4 - EU ERA UM LOBISOMEM ADOLESCENTE

Eu era um lobisomem adolescente
Querendo brincar
Eu tinha uma namoradinha adolescente
Querendo brincar
Ninguém nos fez parar

Eu tinha poderes sobrenaturais
Mas eu era apenas um adolescente
Eu estava no auge da minha puberdade
E ela também
Ninguém nos fez parar

Eu era um lobisomem adolescente
Numa noite de lua cheia
Com uma garota excitada
E todo aquele sangue pulsando nas veias
Ninguém me fez parar

Eu era um lobisomem adolescente
Querendo brincar
Eu tinha uma namoradinha adolescente
Querendo brincar
E ninguém nos fez parar

Agora ela está em pedaços
E o meu coração também
O amor não é nada justo
Nem tampouco inocente
Agora estou tão só

5 - DANÇA MACABRA

Acordo pela manhã e sinto que algo não está legal
Escuto uma voz macia pelos corredores da casa
E ela aparece de repente em um vestido todo preto
Batom vermelho nos lábios
E me fala sobre a mediocridade das glórias terrenas
Tudo é ilusão
Ela me convida para uma dança
Tão solene quanto irresistível
Venha dançar comigo, baby! Ela disse
Chegou a nossa vez
Porque eu?
Perguntei ao ouvir os primeiros acordes de uma música tensa que se espalhava pelo ar

Era cedo demais
Eu não esperava
Eu não estava preparado
E quem está?
Ninguém está
Você sabe quem eu sou?
As minhas pernas tremiam num ritmo alucinante
Eu sou a luz
Eu sou a verdade
Eu sou o Mickey Mouse
Você não pode
Você não pode me levar

Não tenha medo, Baby
Essa é a nossa única certeza
Pense que a natureza humana
Não é mais do que carne para os vermes
Track Name: Lado B
6 - MEMENTO MORI

Só nos restam sombras
E com elas andamos
Andamos
Durante todos esses anos
Sobre as nossas cabeças
Andamos
Atrás de uma cruz, baby
Atrás de uma cruz!

Por um céu de mentiras
Andamos
Pela crença
Nos queimaram vivos
E nós até juramos, baby
E nós até juramos

Agora por um prato de comida
Por um canalha
Nós lutamos
Por uma posição
Lutamos e morremos
Todos os dias das nossas vidas
Nós morremos
Nós morremos
Memento Mori

E não teremos um enterro
Nunca seremos iguais
Não nesse plano
Existe outro?
Eu te amo, baby
De vez em quando fugimos
Sós
Agora somos o que somos
Sombras

O que vamos fazer agora?!
O que podemos fazer agora?!

Nós morremos
Nós morremos

7 - BAOBÁ BLUES

Estamos limpos
Prontos para mais uma noite suja
Sinto o cheiro do mar, baby

Tentaram apagar as nossas memórias
Mas eu guardei algumas sementes no meu bolso
Agora
Ninguém precisa dizer quem eu sou
Pra eu ser quem eu sou
Ilegal?
Não existe ninguém ilegal
Uma árvore genealógica não dá frutos em terra de filho da puta, baby
Só dor, só dor
Quase sempre
Foda-se
Precisamos nos manter lúcidos
Mesmo que isso tudo seja uma loucura
Sem arrependimentos
Sem arrependimentos
Deixem as crianças com seus pais
Deixem as crianças vivas
Deixem o rock and roll

Um dia nós seremos cobrados por isso
Quase sempre seremos culpados
Mas por enquanto estamos limpos
No mesmo barco

8 - MOVIMENTO

Você pode ser o movimento
Mesmo que você não acredite
O movimento é incolor
Está no ar
Qualquer onda o propaga
Mas ele não se paga
Nunca

O movimento quer o capital
O movimento já foi rock and roll
Aterriza
Aterroriza
O movimento entorta
Você está torta e nem percebeu, baby...
Você está morta

Quanto tempo vai durar essa porra toda?!
O movimento é a droga
Um carro em alta velocidade
Atropelando
Fugindo sem prestar socorro
Agonizando sangue contaminado
A doença é o movimento
É o resultado
Dá lucro
Mas leva tempo
Continua impregnado
Fedido
O sistema é o movimento
É borracha queimada
Tatuagem de cadeia
A linguagem é o movimento
O verbo desenhado
O controle

9 - POMBO BOMBA

Sobrevoa
Sobrevive sujo
Rato de asa
Simbolo da paz
Cheio de dinamite
Leva e traz
Por cima da sua cabeça
Alguém o espera do outro lado
Ansioso
Pronto para morrer
Convicto
De mãos erguidas
Classe média
É só mais um
Dois
Agora são seis
Todos acreditam
Que existe um outro lado
Terror psicológico
Apocalipse
Papai Noel

Trabalho duro
Não paga o ócio
Monóxido de carbono
Carne queimada
Tensão
Todos contra
Todos contam os dias
Cada vez mais mortos
Vivos
Zumbi Branco
Vampiro
Bicho Papão

O pombo só explode

10 - SÍNDROME DE ESTOCOLMO

Ela me acaricia e me afaga
Me protege com seu pulso forte
Controla todos os meus passos
Tudo pela nossa segurança
1984

Ele é puro amor
Gentil
Cordial
Temente a deus
Ela sabe o que é melhor para mim
Ela sabe

Me perdoe pelos erros que nunca cometi
Ela me deu uma corrente
Só ela sabe até onde eu posso ir

Ela me protege
Controla os meus passos

Me perdoe pelo lampejo que me faz duvidar!
Me perdoe pelos erros que ainda hei de cometer!

Tudo pela nossa segurança

Ela me protege com o seu pulso forte
Controla todos os meus passos

Tudo pela nossa segurança